Monday, July 06, 2009

Do fim do cigarro




Derradeira foto com cigarro na mão. Com choppinho... ainda de vez em quando.




Estou há 8 dias sem fumar. No msn, meu nick é o seguinte PaTs - 8 dias sem fumar. E assim, a cada dia, muito feliz, aumento em um dia os longos dias sem fumar. Recebi parabéns de todo mundo da minha lista msênica. Até que, claro, sou surpreendida pelo Alexandre:

Alexandre diz:
Sabe que meu amor por vc acabou, né?

PaTs- diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
pq agora uso adesivos de nicotina?

Alexandre diz:
Claro. Agora vc virou uma pessoa normal.

PaTs- diz:
Patricia-maysa encaretou

Alexandre diz:
Qual a graça de vc não fumar mais???

PaTs- diz:
nem bebendo direito eu tô mais. bom, minha pele está maravilhosa. nao acordo mais com pigarro. tenho folego p malhar...

Alexandre diz:
Sério??? Parou de beber tb?

PaTs- diz:
por enqto parei... pq se eu beber, dá vontade de fumar...

Alexandre diz:
Bom, ok, agora acabou de vez.

PaTs- diz:
daqui a algumas semanas acho q consigo beber

Alexandre diz:
Da série: como destruir um encanto em 8 dias.

Alexandre diz:
Não, falando sério. Vc vai mesmo parar de fumar? De verdade?

PaTs- diz:
uai... eu espero q sim. tô gastando 40 reais em cada caixinha de nicotina

Alexandre diz:
Nossa, que triste...

PaTs- diz:
e to me sentindo super bem. aquela fedentina de cigarro tava me estressando. Nas roupas, no cabelo...perdi a graça de fumar

Alexandre diz:
Ok, ok, eu sei que faz bem à saúde e tal. Mas, sério, eu gostava tão mais quando vc fumavaaa.... Hahahahha!Era genial. Malhava e fumava. Bebia e fumava. Tinha um charme não usual.
Bom, quando vc voltar a beber, continua convidada a vir para cá. Mas já vou avisando que eu vou sentar na mesa do bar e fumar um cigarro atrás do outro.

PaTs- diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
valeu pelo incentivo. até lá nao vou sentir mais vontade de fumar. e , ops... acho q vou adiar minha ida a brasilia...nao to preparada ainda para sentar numa mesa de fumantes

Alexandre - diz:
Sorry, pelo NÃO incentivo. Mas eu sou nouvelle vague total. E nos filmes da nouvelle vague, todas as meninas lindinhas e inteligentes fumam elegantemente... Eu sei que parece absurdo, mas eu estou verdadeiramente triste. Assim: feliz por vc. Triste por mim. É como se vc tivesse conseguido um emprego muito bom na Nova Zelândia e fosse morar lá para sempre.

Alexandre. Sempre genial. Desculpa te decepcionar, caro amigo. Mas não vou ceder ao vício não...

34 comments:

Breno said...

Apesar do prejuízo à constitução biológica, o fumo apresenta algo de elegante.

kilder said...

o fumo nunca é legal, só faz mal...mas temos que respeitar quem é fumante, rsss
boa semana.

visitemongohelson said...

Que legal! Parabéns! Se é pela sua saúde, vai fundo! Pare mesmo! Espero que minha namorada faça o mesmo!
Boa Sorte!

Fabricio bezerra da guia said...

não fume.soltar fumaça e deixar os pulmões pretos e deixar tudo o que está em volta de vc fedendo não é elegante

Raphael said...

Ta certoo!
Fumar da nao...
òtima coisa que voce ta fazendo!!

Karol said...

kkkkkk...não fique triste, eu tbm estou!!!!!! Vou dar uma pulada de cerca pra comprar uma polo da hering, e só , nada mais...rsss
bjoo

Alexander Toiévski said...

nao agredito que vc parou de fumar nossa!!!
é dificil ver um jornalista que nao fuma eu tambem fumo sou jornalista
guria me conta o que fez vc para de fumar?

ps;espero ter oportunidade de vc esta comentado no meu blog.sempre é bom escuta um comentario de uma colega

http://cronicasdigital.blogspot.com/

Miriã Soares said...

Gostei de você ter parado de fumar! E encantei-me com sua descrição feita por seu amigo,você deve ser uma pessoa rara,dessas divertidas e com ótimo papo!

Rosangela A. Santos said...

Me fale além dos adesivos de nicotina está fazendo mais algo apra controlar a ansiedade?

Já parei de fumar algumas vezes e por pura burrice voltei hj tenho muita dificuldade em parar .. quero a dica hem?? rsrs

Abç e seja forte não ache que ficando 6 meses sem fumar que está livre .. querendo dar um traguinho .. acaba voltando .. fui isso que aconteceu comigo .. :(

Sabina Insustentável said...

Olá, Alexander! é muito dificil parar de fumar mesmo. Principalmente para nós jornalistas que linkamos a profissão ao hábito. O Alexandre aí do diálogo do msn também é jornalista. Bom, a dica é o seguinte. Evitar situações que estimulam o desejo de fumar. No meu caso, por exemplo, beber é um gatilho. Por isso diminui a bebida tb. Tenho tomado mais café em substituição ao cigarro. Ao contrario de mtos, café não me desperta o desejo de fumar. Quando bate aquela vontade, penso: não vou me enevenenar, não quero ficar fedendo cigarro, quero ter folego para malhar, quero ser saudável. Penso nos ganhos que já obtive. O adesivo de nicotina tem ajudado muito na dependencia fisica. Não tenho tido vontade de tragar. O problema maior é a dependência psicológica. O prórpio ato de segurar o cigarro faz falta. Fico sem saber o q fazer com as mãos. Era a hora que eu pegava o cigarro. Então aí a canetinha entra em ação. Fico com uma caneta, daquelas q aperta pra sair a ponta, sabe? E fico fazendo clic-clic... hehe. Mas como todos dizem, é o seu grau de determinação o mais importante e o indicativo do sucesso! Boa sorte!

Sabina Insustentável said...

Rosângela,
além dos adesivos de nicotina tenho substituído o cigarro por café e exercício nas horas de ansiedade. E como falei acima pro Alexander, tenho evitado situações que despertam o desejo de fumar. A alegria da minha familia e amigos em me ver tentando parar também é um estímulo. Olha, já tentei de tudo. Fumar só quando sair, dá só um traguinho, mas nada deu certo. O negócio pra mim é cortar o mal pela raiz mesmo! O adesivo de nicotina é uma boa saída para a dependência física. E é um estímulo também pelo preço! A despesa é grande, então me sinto culpada em dar aquele traguinho pelo desperdício financeiro. Já fiquei 5 meses sem fumar e numa dessas de "vou dar só um traguinho", também voltei. O erro não se repetirá!
Um beijo e boa sorte na próxima tentativa. Precisando, podemos trocar idéias.
Um beijo,
Sabina.

Vini e Carol said...

Nossa, que otário!
Será que ele não sabe o bem que é para você parar de fumar??
Você está feita com 'amigos' assim, já vi que ele pensa MUUUITO em você.. O egoísmo soberana sobre ele! rs.

No final quem vai ficar com os dentes podres? Ele!
Quem vai ficar com o pulmão PRETO? Ele!
Quem vai ficar magrelo, todo torto? Ele!
Quem vai ficar com um bafo e não vai conseguir beijar mais ninguém??? EEEEEEEEEEEELE!
Se pá começa até a broxar! hahahahha.
Jaja ele tá naquelas imagens de capa de cigarro com a boca sem dente!!!

Putz, muito trouxa esse cara, na boa..

Muito melhor deixar de fumar, praticar exercícios regularmente, do que ter uma vida inútil de cigarros e bebidas.

Uma dica: Troque nicotina por PROTEÍNA! rs.

É isso.
Beijos, Vini.

Sabina Insustentável said...

Miriã, obrigada pelas palavras! Podemos trocar idéia :) Mas corro o risco de vc mudar de opinião... rs
Um beijo,
Sabina

Alexander Toiévski said...

Pior na hora que vc esta escrevendo e tu tem um crise e nao dar para escreve mais nada entao o que fazer pega um cigarro e uma caneca de cafe e para por uns minutos e quando vc termina o gigarro e o cafe pronto voltou a criatividade. eu tava vendo em um dos teus antigos postagem e pude notar um querida minha que eu amo que e a Martha. entao na hora que peguei meu cigarro me veio um frase dela que sar certinho para esse novo momento teu ela diz assim

"Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.
Martha Medeiros"

espero te encontra em minas gerais e obrigado pelo comentario no meu blog fiquei alegre e feliz.

so mais um coisa vc gosta da Lya Luft?

Sabina Insustentável said...

Que lindo isso da martha! O nome do meu blog é o mesmo de uma das crônicas dela, ailás a minha preferida. Não li muito a Lya Luft, apenas algumas colunas, mas sei que a martha é fã e pretendo, um dia, ler mais Lya.
Quanto a escrever e fumar... putz, nem me fala. Fazia igualzinho a vc. Eu estava escrevendo dissertação de mestrado e, quando emperrava numa frase, ia para a janela fuma r um cigarro e PUM. A frase pipocava na mente. Ainda não passei por essa situação desde o fim do mestrado. Mas esta semana vou fazer uma matéria e aí te conto como contornei a situação....
Outro beijo,
Sabina.

Alexander Toiévski said...

Na proximo post escreve como esta sendo o processo pos gigarro srsrsr

eu amo a Martha bem que eu tava achado familiar o nome do seu blog.
eu trabalhei com ela um semana quando eu tava no inicio da facu.

eu amo a Lya. já fiz uma materia dela e falei com ela em londres quando estava fazendo o meu mestrado e meu curso de letras.

ela é simpatica e me fez lembrar da Martha. as duas sao muito parecidas.

quando tive com crise de criatividade come chocolate em vez de vc acabar com os pumoes vai fica gordinha.
entao vc podera postar no seu blogs com titulo a "gordinha mais linda" hauhauhauhauhauhauhauahuahua

Alexander Toiévski said...

"Despedir-se de um gigarro é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.

Alexander Toiévski

Sabina Insustentável said...

"Desconfia dos que não fumam, estes não têm sentimentos. Fumar é uma forma disfarçada de suspirar"
Sacanagem essa frase do Quintana, né?
E não, não. Não trocarei o cigarro por comida. Uma compulsão por outra. Corro pra a academia quando a vontade bate forte. Minha alimentação continua a mesma. Chocolate continua tendo passe livre só no fim de semana. Sempre tentando apreciar com moderação... ai, que difícil ser saudável! rs

Alexander Toiévski said...

QUINTANA É MESTRE SABIA DE TUDO ESSA CARA.
PARA QUE SER SAUDAVEL VAMOS PARA A TERRA MESMO AS MILHOKNHAS VAI COMER TUDO MESMO. AHUAHUAHUAHUAHUA

E UMA PARA ONDE A GENTE FOR DEPOIS DA MORTE NAO VAMOS PODE FAZER O QUE SEMPRE QUERIAMOS TER FEITO ENTAO E FAÇO TUDO AGORA JHAAIJIDJADJKADA


PODERIA TER UM CIGARRO SEM ODOR NÉ HAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHUA

BLOG MSN HAUHAUHAUAHUAH

Sabina Insustentável said...

Muito bonito, héin? Essa é a desculpa clássica dos fumantes para não pararem de fumar! Nã Nã! Pode não!!!hehe

Tchezar said...

Uopa! Parabéns!!
Eu estou nessa luta fazem uns 3 anos, mas o máximo que eu consigo é ficar quase 1 dia sem fumar...
E que grande incentivo do sue amigo Alexandre, heim!! Esse é total geração saúde! hahahaha
É osso mesmo... Bacana ver sua força de vontade... Talvez eu nunca tenha conseguido pq só vejo fumantes a minha volta...

Cesar Cruz said...

Sabina, minha cara... Vou te dizer sinceramente: descraça adora companhia. Quando um fumante vê alguém parar de fumar, fica puto! Afinal, vai ter fibrose pulmonar sozinho, coitado, sem companhia no hospital. Seu amigo foi brilhante mesmo, pela incrível sinceridade que teve. Assumiu! É.. triste mesmo o sujeito como fumante, ver uma ex-fumante como vc, que, agora, andará por aí sem aquele indefectível e antipático macinho de cigarros, que sempre acaba sobre a mesa de algum lugar mostrando a todos que aquela ali é uma chaminé ambulante... Andará por aí, minha cara Sabina, cheirosa! como uma linda mulher deve ser! Com os cabelos cheirando a xampu e não a fumaça. Andará por aí e, quando falar de pertinho com alguém, soltará na cara do interlocutor um bafinho delicado de mocinha que escova os dentes! Ah, que beleza! Isso sim um charme feminino, delicado e aprazível!

Parabéns, Sabina! Fique firme e não volte! Ah!, em tempo: Não caia nessa de que o ato de fumar é charmoso. Só se for no tempo da Rita Rayword...

bjs felizes
Cesar Cruz

Ben Oliveira said...

boa sorte!!
:P

Sabina Insustentável said...

Cesar,
Que comentário coerente! Adorei suas palavras. Tchezar, obrigada tb pelas palavras e incentivo!!!!!
Um beijos nos dois,
Sabina

Blog do Óbvio said...

Sabina, só tenho que bater palmas para você. Não vou contar minha estória aquí senão vira um livro, mas eu parei por um ano. Depois, num choppinho com os amigos, me vejo com um cigarro na mão. Alguém ofereceu e eu peguei (e pequei!). Pensei comigo: Parei com tanta facilidade e acho que vou fumar só hoje. Amanhã eu não fumo mais.
Minha filha, estou até hoje... Me animei com seu depoimento porque nossos gostos são mais ou menos iguais. O café não me chama para o cigarro ( a bebida sim). Quando atendo meus clientes, não fumo. Em lugares fechados também não fumo. Em casa, só fumo no quintal. Agora prá parar tenho que fazer igual a você. Dar um BASTA nisso. Um amigo meu, médico, vive me amolando com a estória do adesivo. Eu não estava acreditando muito. Em vista de seus comentários (feitos com firmeza e muito coração) acredito. Eu nem vou tentar. Vou conseguir. Como quando entrei a primeira vez no seu blog eu escrevi que nem ia seguir, ia perseguí-lo. Você me mandou um recado super engraçado (Para o perseguidor de blogues...). Valeu muito a sua exposição, Sabina. Como diz uma amiga dos States. Go ahead!
Beijos com muitos aplausos. Manoel.

Alexander Toiévski said...

huahuahuahuahuhauahuahuahauhauhauh

"P.S- conversando com meu amigo jornalista no msn, o mesmo que fez a minha descriçao que está no blog (no canto superior direito), coloquei a minha lista de oito coisas. A primeira que desejei, inicialmente era "parar de fumar para não morrer estupidamente em consequência do cigarro". Então debati com ele:

- Acho que vou mudar esse do cigarro e colocar "escrever um livro". É mais "importante"... rsrsrsrs
- Muito mais importante. Até porque como vc vai escrever o livro sem fumar?

Eis o clássico pensamento jornalístico!!!"

Como as coisas muda né como diz o poeta nada e para sempre tudo tem mudanças.

Mas a grande pergunta é como vc vai escreve seu livro seu o "criativo gigarro"?

Alexander Toiévski said...

O cigarro disse ao fumante: "hoje vc me acende, amanhã eu te apago."
desconhecido

Bê Sant Anna said...

Acho que os comentários do "Alexandre" foram comentários de um beócio. Acho muito mais sedutor um sorriso bonito e o verdadeiro "perfume de mulher" do que um cigarro na mão. Mas isso é gosto. E gosto é igual bunda, né?

Jéssica Modinne said...

o/
Parabéns por tentar e estar conseguindo, sei de gente que sofre p/ caramba p/ largar o cigarro e não consegue.
Obrigada por comentar no Hoppípolla e pela compração do post. Você me apresentou um grande auotr (ainda não conhecia o trabalho de Caio Abreu)
www.hoppipollablog.blogspot.com

Nina said...

Isso é ótimo!

E vc fuma já tem uns 10 anos n é ?
Imagine só a cortina negra q estampa o seu pulmão!
=o

Faz bem em parar de fumar =)

Dou força!!!!

Blog do Óbvio said...

Sabina, postei uma crônica da Martha Medeiros prá você, no meu blog. Estou triste porque não vejo mais movimento em seu blog. Espero que esteja tudo bem com você. Se precisar de algo, os amigos, embora virtuais, são para essas coisas. Beijos. Manoel.

mano maya kosha said...

"sua missão é o que vc der como missão" se isso é sinceramente o que vc considera melhora, sucesso em sua superação

Sabina Insustentável said...

Ei, Manoel. Estou de volta. rsrsrsrs... semanas atribuladas. Mas acima, post novo.
E, mano, obrigada pela força!
Beijinhos,
Sabina.

Blog do Óbvio said...

Fiquei muito feliz por sua volta ao lar blogueiro. Beijinhos de saudades.
Manoel.

There was an error in this gadget