Friday, May 30, 2008

Da literatura na ponta da língua

“Senti falta daquele abraço que eu cabia certinho... que eu nem sobrava nem faltava”

Resposta de uma amiga depois de eu perguntar o que ela sentiu quando reecontrou um caso de amor antigo. Saiu assim... poesia espontânea.

4 comments:

Tijolada said...

Puxa vida... hoje sonhei com uma menina especial, e na hora que eu abraçava ela, eu lembrava de ter lido esta frase no teu blog... e abraçava ela mais forte ainda!

Muito bom teu trabalho neste blog, continua assim!!!

Beijos do Tijolada.

PaTi said...

Ei, Tijolada!!! Fiquei emocionada com este seu comentário. Volte sempre aqui. Fico muito feliz com os comentários, principalmente estes assim, poéticos e inteligentes!Se puder e quiser, apresente-se.
Bjo grande de uma blogueira agora ainda mais feliz.

tijolada said...

Então tá 1x1, eu também já me emocionei lendo teu blog (especificamente, aquele post do dia das mães).

tijolada said...

E como faço pra me apresentar? hehe. bueno, se puderes, dá um oi pra mim no thiagobohns@yahoo.com.br

beijo.

There was an error in this gadget