Monday, May 31, 2010

Da sabedoria

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amor,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

[Bilhete - Mario Quintana]

7 comments:

Cruela Veneno da Silva said...

ouviu?

Sabina Insustentável said...

hauahuahauahauaha...cruela escandalosa! Ouço da paulicéia sim!

. max said...

"Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação".

UM DIA - Mário Quintana.
adoro !!!

Tá aí o link do seu post.
http://hetrigan.blogspot.com/2010/01/estudar-estudar-ate-passar.html

Hermético Capiongo said...

Às vezes da vontade de rematar o Quintana

Hermético Capiongo said...

Sabe, as vezes, também, fico com saudades de um futuro que nunca vai vir...

Sabina Insustentável said...

Saudade do futuro
que nao veio
nem passaou
d
e s
m
a
n
chou..

c leu essa que escrevi um tempo atras néam? :)

bjobjo

Hermético Capiongo said...

Sim

adorei!

There was an error in this gadget